“Minha Casa Edificada Sobre a Rocha”

Publicado em: 1 novembro 2016 ás 16:17:19

Esse foi o tema que reuniu cerca de três mil crianças no Congresso UCCADESC

Por Monique Suriano

Milhares de crianças sendo tocadas pela presença de Deus com lágrimas nos olhos e muitas sendo batizadas com o Espírito Santo. Esse foi o cenário que emocionou a todos que participaram do 22º Congresso da União de Crianças da Catedral das Assembleias de Deus em Santa Cruz nos dias 29 e 30 de novembro. Essa é comemoração do ano que mais enche a igreja presidida pelo pastor José Pedro Teixeira de cor, sorrisos e alegria. “Foi uma festa inexplicável! E como ninguém explica Deus, só posso dizer que Ele é fiel e poderoso para fazer muito além do que sonhamos”, disse emocionada a coordenadora do departamento infantil, Elisabete Ramos.

O tema da festa que reuniu cerca de três mil crianças foi “Minha Casa Edificada Sobre a Rocha”, baseada no livro de Mateus 7.24. Os cultos iniciaram com a animada participação do Ministério de Louvor CADESC. Músicas como “Mil Graus” e “Videira”, além de várias dinâmicas atraíram a atenção dos pequeninos.   O coral da UCCADESC cantou as músicas “Inocência”, “Areia”, “Balança a Casinha” e “Faça o Melhor”, acompanhadas de coreografia, sendo alvo de muitos flashes das mamães. O Congresso ainda contou com a participação do coral de várias congregações e com o coral das mamães. Sem contar com as belíssimas participações dos cantores mirins Camilly Ventura e Eduardo Moreno.

Foi o Ministério Crescendo em Cristo, da Igreja Assembleia de Deus em Campo Grande, quem ministrou a Palavra de Deus no primeiro dia do Congresso. Fazendo uso de muitos adereços, as irmãs falaram sobre a importância de se viver firmado na Rocha, que é Jesus. “Eu vou construir a minha casa na areia, porque é mais rápido, mas fácil, e eu vou terminar primeiro para brincar logo”, disse a personagem Lilica. “Mas a Bíblia diz que precisamos construir a nossa casa na Rocha, se não, o vento vai soprar e a nossa casa vai cair. A casa é a nossa vida, e a nossa vida deve ser construída em Jesus, a Rocha, entendeu Lilica?”, explicou a outra personagem.

As irmãs falaram sobre quatro características de uma pessoa que possui a vida edificada na Rocha: Tem uma vida de oração, tem uma vida de obediência, tem uma vida de santidade, tem uma vida de compromisso com Deus. “Pecado é tudo aquilo que nos afasta da presença de Deus. Quem disse que criança não sente a presença de Deus? Criança também recebe poder de Deus, também tem resposta de oração”, finalizou a  equipe do Ministério Crescendo em Cristo.

A missionária Jocyane Rafael foi a pregadora que ministrou no encerramento da festa. Ela conquistou a atenção das crianças interpretando vários personagens. “Como é que uma pessoa pode estar firmada na Rocha fazendo coisa errada, mentindo? O “capiroto” fica falando assim: ‘Vai! Ninguém está vendo, depois você diz que não foi você’. Sabe o que você tem que fazer: falar bem alto: ‘Tá repreendido em nome de Jesus!’. Quando o inimigo falar no seu ouvido, diga a ele que você está firmado na Rocha”, orientou a missionária.

Jocyane ainda contou a história do menino que foi provado com um biscoito de chocolate e arrancou muitas risadas. “Ficar em casa sozinho com aquele pote de biscoito de chocolate e não poder comer foi a maior provação da minha vida, não faz mais isso comigo não mãe!”, disse interpretando o personagem Mauro Maurício. “Quem está firmado na Rocha pratica a Palavra do Senhor, obedece, e não mente”, ensinou a missionária que encerrou sua participação com uma fervorosa oração pelas crianças e pelos líderes do departamento infantil do campo de Santa Cruz.

Clique aqui e assista os melhores momentos.

1º Dia
Fotos: Felipe Pinheiro

2ºDia
Fotos: Josué Costa e Felipe Pinheiro